Páginas

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Idéias revolucionárias aleatórias

Fala galera!

Em dezembro, um amigo me convidou pra participar de um evento da empresa dele. Ele me falou que iria ser uma espécie de oficina de criatividade aplicada à negócios... algo assim. Seria um lance bem pequeno, com 12 pessoas, sendo 6 funcionários (incluindo o fundador/CEO) e 6 convidados (eu fui um deles). Achei muito interessante e obviamente aceitei o convite.


A empresa onde ele trabalha é de negócios digitais. Existe venda pelo site, mas o "tchan" está nos aplicativos. O evento foi muito, mas muito produtivo... sem dúvidas, excedeu as minhas expectativas mais ambiciosas. A agência que organizou foi impecável, tanto a nível de produção do evento (local, organização, comida, serviços, etc.), como especialmente em nível técnico.

Por sorte, em algumas dinâmicas, eu fiz dupla com o CEO... claro que eu aproveitei pra criar um networking, e fazer algumas perguntas. Me impressionou que isso começou "por uma brincadeira", mas chegou ao ponto dele abandonar a carreira anterior e viver "apenas" desse negócio (e viver muito bem, por sinal rsrsrsrs).

Através de várias dinâmicas, cruzamento de idéias, provocações... conseguimos desenhar estratégias, identificar pontos fracos, propor melhorias, correlacionar alguns fatores, otimizar a interface, solucionar problemas... o que deverá aumentar o número de clientes e obviamente aumentar os lucros. Enfim, o evento foi muito bom. Inquestionavelmente, o negócio vai bem... e vai melhorar após as ações que foram desenhadas ali. Após o evento, comemos e bebemos bastante em um lugar muito bacana da cidade... até onde fiquei, eu arriscaria dizer que a conta estava na faixa de uns 4 ou 5 mil reais - absolutamente nada perto dos benefícios que irão alcançar em função do evento.

Naturalmente, depois dessa experiência, eu fiquei pensando e buscando minha própria "brincadeira"... e acho que encontrei uma idéia legal. Já pesquisei, e de fato minha idéia é pouco explorada no Brasil... estaria disposto a investir um pouco e ver no que dá.

Alguém sabe como criar/proteger um aplicativo?
Poderiam indicar empresas que fazem esse serviço de criação de app?
Alguém já tentou um negócio digital?

Abraços!

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Dilemas na divisão de conta de restaurante... até quando?

Fala galera!

Gostaria de compartilhar uma situação que aconteceu comigo essa semana. Um amigo me chamou pra ir na pizzaria... jantar, botar o papo em dia e tudo mais (sempre saímos pra conversar bastante... inclusive sobre dinheiro, pois temos confiança um no outro).

Ele perguntou se eu me importaria dele convidar a nova namorada dele... e claro que eu não me importaria. Seria um prazer conhecê-la! Pena que eu não previ o futuro rsrs :)

A pizzaria ficava numa zona mais "chiquezinha" da cidade... fiquei contente de reencontrar meu amigo, e de conhecer a nova namorada dele - que era linda e muito agradável. Meu amigo estava sendo mais educado que o costume (puxando cadeira, abrindo porta), e eu até estranhei rsrsrs. Pegamos uma mesa, conversamos e comemos bem.

Cabe dizer que todos comeram o mesmo número de fatias, e cada um bebeu um refrigerante. Pode parecer mesquinho, eu sei... mas estou comentando isso, pois algumas mulheres comem menos do que os homens, mas isso não aconteceu.

Vocês já estão imaginando que o motivo de escrever esse post veio na hora da conta, né? Isso mesmo.


Quando chegou a conta, meu amigo tomou a frente e pediu a máquina de cartão... e disse "divide pra dois". Por um rápido momento, eu cheguei a pensar que eles iam pagar pra mim... rsrsrsrs e absolutamente eu não queria isso, apesar dele ter me convidado pra sair e querer apresentar sua nova namorada. Por outro lado, eu também não queria pagar pra ela... é complicado. Mas é claro que acabei pagando.

Sim, eu sou pão duro, mas também quero deixar claro que frequentemente pago refeições para pessoas... seja convidar um amigo com menos condições financeiras pra sair, seja pagar jantar pra um aniversariante, seja para uma paquera, seja para visitas (aliás, Novembro/Dezembro eu gastei muito exatamente por ter recebido algumas visitas em casa... e paguei algumas refeições)... e família, é claro.

Sinceramente, sobre esse jantar, eu não sei até onde foram "bons modos com as mulheres" ou "esperteza" desse meu amigo. Não sei mesmo. E também quero deixar claro que não quero que ninguém pague pra mim.

Apenas acho coerente que cada um pague sua parte. Ou, no caso de pagar pra alguém (no caso, a namorada do meu amigo), ele poderia ao menos ter me perguntado se eu me importaria de pagar...

O que vcs acham?

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Pãodurismo returns! - Resultado 01/17: 395k

Fala galera!

Estava com saudades de postar e acompanhar a blogosfera, mas nos últimos meses eu passei por muitos problemas/mudanças, o que explica a minha ausência... foram muitas dificuldades, aprendizados, um pouco de descanso (é claro)... mas aqui estou de volta!



Como não tive tempo de fazer um post de fechamento/retrospectiva 2016, vou apenas apresentar os números e fazer alguns comentários. Acredito que minha situação está mais estável agora e retomarei os posts regulares, espero!

Vamos ao trabalho!


Comentários
  • RF: Recebi uma LCI recentemente... e em breve irei receber outra, o que diminuirá o volume em RF. Estou avaliando opções de investimento. Como estou praticamente sem aportar, estou preocupado com o volume de LCA menos-rentável-mas-com-liquidez (D+0)... ou seja, penso em diminuir meu colchão de emergência para aumentar os rendimentos. Vamos ver.
  • TD: Sem modificações. Preciso me atualizar das novas regras do TD e também checar se está valendo aumentar a posição.
  • Ações: Essencialmente, não movimentei minha carteira. Fiz compras em Setembro/Outubro, quando decidi engatinhar na renda variável... e vem sendo uma experiência positiva. Atualmente a carteira está com 12,24% de lucro, o que não está tão mal para um principiante, rsrsrsrs. Pretendo falar da minha experiência com ações posteriormente... e pretendo comprar mais.
  • CC: Existe um valor absurdo na CC (18,51% do patrimônio)... mas isso se deve ao fato de ter recebido um LCI e também ter resgatado integralmente meu fundo de investimento (que segurei por meses, mas não me convenceu que valia a pena). Estou avaliando as opções de investimento para aplicar o mais rápido possível.

Despesas




  • Composição de custos: Esse breve histórico mostra o padrão que já vinha comentando... meus maiores gastos são com moradia e alimentação. Resolvi dividir apartamento para diminuir as despesas, e já podemos ver uma redução significativa do custo de moradia em Janeiro. Essa diminuição não causou grande impacto no mês, pois Dezembro/Janeiro sempre acabamos gastando mais com compras e lazer. Mas estou certo de que essa mudança será positiva ao longo do ano. Outro fator que contribuiu para que eu dividisse apto seria a questão da alimentação. Temos diarista que cozinha bem, e estou me alimentando melhor e gastando menos.
  • Detalhamento - alimentação: Ainda quando morava sozinho, eu havia começado a tentar cozinhar... e isso diminuiu o número de refeições em restaurantes em Outubro/Novembro/Dezembro... Dezembro deu uma subida em função de viagens/mudança, mas acredito que a tendência é baixar daqui pra frente.

Peço desculpas aos leitores que frequentavam o blog e que sentiram minha falta... e espero que nossa parceria e interação volte a acontecer. O ano passado serviu de grande aprendizado nas finanças... e espero que este ano eu possa aprender e compartilhar mais.

Rumo aos 400k!

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Atraso

Galera,

Somente para me desculpar pelo atraso nas postagens.. estou muito envolvido com um projeto pessoal, além de uns perrengues familiares... ando muuuuuuuito atarefado e não consegui fazer o post de fechamento de Outubro - embora tenha os números, é claro!

Fonte: google imagens.

Aproveito pra agradecer aos leitores que me cobraram! hehehe Muito bom ter essa relação saudável na blogosfera :)

Quarta (16/11) conseguirei postar o fechamento de Outubro. E, uma vez que o Trump ganhou a eleição americana, e a vida nos USA se tornou um tema ainda mais frequente, vou relatar a minha experiência de vida/trabalho nos USA. Espero conseguir publicar no sábado (19/11).

Abraço

sábado, 15 de outubro de 2016

O combinado não sai caro

Galera,

Antes de tudo, quero avisar que esse não será um post sobre o mundo das finanças (ou ao menos não será exclusivamente, rs). Nunca pensei que usaria o blog pra isso, mas... rs

Esse ano saí de uma relação que durava 3-4 anos, e estou solteiro. Dez dias atrás conheci uma menina no tinder. OK. Virtualmente, achei a conversa legal, papo interessante... e no mesmo dia ela chamou pra jantar. Achei meio "desespero", e eu não curto muito essa idéia de encontrar no mesmo dia que deu match... pois eu não buscava nada casual (isso eu já sei onde encontrar), mas acabei indo. Fluiu de boa, ficamos até o bar fechar... achei que tínhamos bastante coisa em comum. Seria uma menina bacana pra conhecer mais.

Rolou uns toques, mas nada demais... não costumo "pegar pesado" em primeiro encontro, até pq, repito, não buscava nada casual. Paguei a conta e fui deixar em casa.

Fim de tarde do outro dia, chamei pra sair... fomos caminhar numa praça, cachorro, churros e tal... muito papo, eu curtindo tudo. Tentei chegar mais junto, senti ela botando freio... mas foi um bom passeio.

Cheguei em casa e ela já tinha mandado convite pra jantar. Dessa vez ela foi com uma roupa mais justa (eu de olho no produto), eu tb tava mais à vontade... e foi agradável, a coisa estava evoluindo. Fui deixar em casa, rolaram uns amassos, beijos... enfim. Engrenou.

Resumindo a ópera, saímos mais umas 4 ou 5 vezes, no mesmo esquema: programa light, muita conversa, troca de opiniões... e eu quase sempre pagando.

Sem querer ser pão duro (mas não tenho como fugir da minha natureza, nem do nome do blog), eu já estava de olho nas finanças... pq esse mês eu venho economizando firme no meu maior vilão que é a alimentação. Comprei muita coisa no supermercado e vinha cozinhando em casa, fazendo coisas com sabor médio, mas saindo muito mais barato do que comer fora.

Eu já estava planejando diminuir as saídas ou então propor um 50/50 com ela na hora da conta... vc está sentindo que vai dar treta, certo? Muito que bem.
Pois não é que saímos hoje e ela disse que não estava a fim de nada sério? WHAT THE FUCK?


via GIPHY

Fiquei irado!
Jantarzinho pra que? Caminhada pra que? Papinho agradável pra que?
Não seria mais prático e mais honesto ela deixar muito claro o que realmente queria ainda na fase virtual?

Aprendi uma coisa: o combinado não sai caro.
Perdi tempo e dinheiro.

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

I want you!

Fala galera!

Tenho pouco tempo na blogosfera... ainda não tenho um ritmo frequente de postagens, não recebi sequer 4000 visitas, e estou longe de ser um blogueiro "relevante"... no entanto, uma coisa que me chamou atenção logo nas primeiras semanas foi o fato de receber várias visitas de outros países, especialmente dos Estados Unidos (que aparecia como o segundo país com mais acessos ao meu blog, perdendo apenas pro Brasil).

Nas semanas seguintes, para a minha surpresa, observei que os USA tomaram o primeiro lugar, e o Brasil acabou ficando em segundo!

Fonte: blogger / google imagens.

Vários blogs vem falando dos planos de se mudar pros USA, de viver o "american dream" e tudo mais... eu já morei lá alguns meses em função do trabalho... não vou dizer em quais estados por motivos óbvios, mas pretendo compartilhar a minha experiência em breve aqui no blog. No entanto, para os leitores que estão lá agora... gostaria de fazer uma pergunta.

QUEM SÃO VOCÊS? :)

Aproveitem o anonimato para compartilhar algo... quem são, como foram parar aí, como está sendo a experiência, quais seriam pontos positivos/negativos, e especialmente como isso tudo afetou sua relação com os investimentos... enfim, acho que é um assunto interessante para a blogosfera. Uma vez que os acessos do USA se destacaram aqui no blog, resolvi abordar esse tema.

Abraço

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Resultado 09/16: 379k

Fala galera!

Setembro foi um mês pouco produtivo na vida pessoal... tive algumas surpresas e estou passando por alguns dilemas, que devo comentar posteriormente aqui no blog.
No lado finanças, a coisa foi bem devagar também... mas ao menos não fechei no vermelho. A grande novidade desse mês foi que entrei em ações, o que para mim está sendo uma experiência muito interessante. Vinha lendo intensamente há alguns meses sobre ações, vendo inúmeras palestras no youtube, ligando pra corretora com mil dúvidas, acompanhando a blogosfera... e percebi que, apesar da nossa renda fixa figurar entre as mais rentáveis do mundo, somente a renda variável "pode" proporcionar um crescimento significativo e acelerado. Por mais que eu estivesse absorvendo os conceitos em todos esses materiais... a real experiência só vem com a prática.
Não sei se entrei no melhor momento, nem da melhor forma... mas entrei, e nesse pouco tempo (8 pregões, rsrsrs), aprendi coisas que jamais iria aprender olhando de fora.
Vou fazer um post sobre isso na próxima semana... compartilhando as impressões de um marinheiro de primeira viagem.
Por ora, vamos aos gráficos!


Comentários
  • RF: atingi a menor posição em RF da minha vida: 75,22 % da carteira! 4 meses atrás, quando entrei na blogosfera, tinha mais de 90% em RF. Essa fatia foi decrescendo... até chegar nos 75 %, mas garanto que vou parar por aqui rsrsrs.
  • FI: esse fundo ainda não mostrou ao que veio, apesar do bom prospecto quando entrei... ainda não me convenceu. Fiz uma análise dele mais detalhada recentemente... e já decidi que quando ele atingir 2 % a.m. novamente, vou realocar e dividir esse valor entre dois fundos. Estou avaliando candidatos.
  • Ações: minha carteira ainda não está como eu quero, portanto, ainda não vou divulgar. Mas tenho 1800 cotas, e até o fechamento dessa sexta estou com o total de -2,35 % acumulado. Para quem tem o perfil ultraconservador, é claro que fiquei tenso quando a coisa começou a ficar no vermelho... mas estou aprendendo a controlar a ansiedade e acompanhar o movimento do papel (claro que com cautela e até meu limite de risco). Foi a primeira vez que vi um preju em meus investimentos (mas essencialmente porque eu nunca corri risco nenhum). Já identifiquei alguns papéis que quero ter na carteira, mas estou esperando o momento certo. É um tipo de investimento muito interessante, requer muito tempo de estudo, observação, comparação... mas estou gostando. Me permiti fazer uma carteira de até R$ 25k, mas ainda não estou com esse valor posicionado.
  • TD: as taxas seguem caindo, cada vez menos atrativas... não fiz novos aportes.
  • CC: essencialmente, tenho uma fatia de CC na corretora, aguardando para a compra de novas ações. 

Despesas


  • Despesas mensais:  venho tendo alguns custos extras ("outros"), que devo comentar depois. Gastei bastante também com supermercado, mas isso deve se traduzir em economia no próximo mês, pois quero comer entre 8-10 dias em casa, cozinhando (Deus me ajude! rs)... pra combater um dos principais vilões nas despesas, que é a alimentação.
  • Alimentação: venho mantendo o mesmo padrão de custos, apenas tive um ligeiro aumento nas refeições caprichadas (R$ > 35). Próximo mês tudo deve dar uma diminuída, uma vez que vou me aventurar na cozinha.
  • Histórico: após o pico no mês passado, não consegui reduzir muito as despesas, na tentativa de reproduzir o que houve em 2015.

Não costumo entrar em correntes de rede social... mas achei uma que me identifiquei.
Quem sabe eu diminuo meus custos com alimentação, rsrsrsrs



Aguardo os convites! ;-)